Felicidade

Poesia escrita em um dia chuvoso, do ano de 2015 ou 2016 - Itajubá MG. O que é felicidade para você?  Felicidade é sentimento, É momento, é sensação. Felicidade é alegria, é magia, Energia e realização. É ver a família reunida, Com a mesa farta de comida, E com muita falação! Felicidade é o sorriso... Continuar Lendo →

Você é o que você acredita

"Pensamento é um momento Que nos leva a emoção Pensamento positivo Que faz bem ao coração" O que te contaram sobre o mundo? O que te ensinaram sobre a vida? O que te disseram sobre você? Na casa da Bruna, as "crenças rolavam soltas". As pessoas mais antigas tinham o hábito de repetir algumas frases,... Continuar Lendo →

Irmão do coração

"É preciso amar as pessoas, Como se não houvesse amanhã, Por que se você parar pra pensar, Na verdade não há" Quem são os seus irmãos do coração? A Bruna o conheceu por volta dos dois ou três anos de idade. Ele era dezessete anos mais velho. Podemos dizer que o irmão do coração viu... Continuar Lendo →

Debaixo do pé de manga

"Nada do que foi será de novo Do jeito que já foi um dia, Tudo passa, Tudo sempre passará" Tem alguém especial com quem você adora conversar? No cair da tarde, a irmã convidava a Bruna para passear. Que delícia era sair, caminhar, respirar ar puro, deixar as ideias irem e virem. A menina se... Continuar Lendo →

Minhas férias

"Quem tem amor na vida Tem sorte Quem na fraqueza sabe Ser bem mais forte Ninguém sabe dizer Onde a felicidade está" O que você fez nas suas últimas férias? O que você costumava fazer nas suas férias quando era criança? Sinceramente, a Bruna não gostava muito das férias. Ela queria mesmo era ir para... Continuar Lendo →

Maria

"Preciso acabar logo com isso Preciso lembrar que eu existo Que eu existo, que eu existo..." Quem nunca teve uma Maria em sua vida? A Bruna teve a alegria de ter uma Maria por perto, desde que nasceu: a tia Maria, irmã da sua mãe. Os avós maternos da Bruna faleceram muito cedo, a avó... Continuar Lendo →

Pelos corredores…

"Era uma casa muito engraçada, Não tinha teto, não tinha nada. Ninguém podia entrar nela, não, Porque na casa não tinha chão..." Por volta dos 2 anos de idade, a Bruna mudou-se de casa com sua família. Na verdade, eles continuavam no mesmo sítio, só que agora em uma casa nova e bem maior. As... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑