O que é a tal da Reserva Emergencial?

Poesia escrita em 10/09/2020 - Jundiaí SP. Esse foi o primeiro texto/poesia escrito e publicado por mim, dentro do movimento #PEEF - "Educação Financeira para você não fazer besteira". Você sabe qual é a tendência? É ter uma reserva de emergência! Nesta pandemia muita gente passou mal... E o alívio para muitos Foi a tal... Continuar Lendo →

A chave

Escrita em 06/07/2018 - Jundiaí SP. O que uma chave pode significar para você?  A chave que abre uma porta, Que destranca, que liberta, A chave. A chave que esconde um segredo, Um medo, um desejo, A chave. A chave que aponta uma missão, Que resgata um sonho, A chave. A chave que abre uma... Continuar Lendo →

Você não pode parar

Estamos vivendo dias difíceis, de medo e incertezas. Mas nós não podemos desistir! Essa talvez seja uma oportunidade, uma grande oportunidade de fazer algo especial e grandioso. Você é capaz, acredite! Poesia escrita em 27/03/2020 - Jundiaí, SP. O mundo não pode parar, Você não pode parar. Sim, as dificuldades virão. Os problemas? Eles estão... Continuar Lendo →

Pausa

Escrita em junho de 2019 - Jundiaí SP. Às vezes desejamos que o tempo pare, mas ele não pára. Às vezes desejamos que as pessoas mudem, mas elas não mudam. Onde estará a solução? Sim, fica em paz. Deus cuida do tempo e de você.  Só você me viu chorar, no vazio do meu quarto,... Continuar Lendo →

Grande sonhador

Poesia escrita em outubro de 2015 - Itajubá MG. Com o que você sonhava quando era criança? Quais sonhos você realizou? O que você ainda deseja realizar? No mês da criança, Eu abro meu coração, E me permito sonhar outra vez. Sonhar que sou gigante, Sonhar que sou importante, Sonhar que danço, que canto, que... Continuar Lendo →

Felicidade

Poesia escrita em um dia chuvoso, do ano de 2015 ou 2016 - Itajubá MG. O que é felicidade para você?  Felicidade é sentimento, É momento, é sensação. Felicidade é alegria, é magia, Energia e realização. É ver a família reunida, Com a mesa farta de comida, E com muita falação! Felicidade é o sorriso... Continuar Lendo →

Desamarre e voe alto

Mas, afinal, o que te prende? Poesia escrita em 02/10/2017 - Jundiaí SP. Levante os braços lentamente, Desamarre o que te prende, Voe alto suavemente. Um desejo tem em mente, Você pode, você sente, Vá e faça diferente. Que delícia, que aventura! Estou voando nas alturas, Tudo é pura gostosura... O sonho não é loucura,... Continuar Lendo →

Palavras

Qual é a sua palavra preferida? Por quê? Escrita em 13/11/2017 - Jundiaí SP. Através de palavras eu conto, Conto uma vida que existe por detrás de palavras. Palavras que cantam, Palavras que gritam, Palavras que choram, Palavras que contam. Uma essência nas palavras, Uma ideia em poucas palavras, Uma vida além das palavras. A... Continuar Lendo →

Perdida

Escrita em 05/01/2012 - Itajubá MG. Você já se sentiu perdido? Onde está o seu "eu" neste momento? Acho que me perdi Nas estradas por aí... Eu vinha caminhando, Crescendo e lutando, Buscando o melhor. De repente olhei para o lado, Vesti um casaco, E quando olhei, não enxerguei. Fui embora... E me esqueci lá... Continuar Lendo →

Tempo

Escrita em 30/07/2018 - Jundiaí SP. O tempo... O que o tempo traz hoje para você?  Sempre é tempo de viver, Tempo de aproveitar, Tempo de aprender. Sempre é tempo de amar, Tempo de perdoar, Tempo de agradecer. Sempre é tempo de respeitar, Tempo de esperar, Tempo de compreender. Ainda há tempo para começar, Tempo... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑