O que adianta?

Tão profunda é para mim essa poesia! Na essência ela diz: viva. Viva intensamente cada momento. A felicidade está dento de nós, não importa como sua vida parece “por fora”, não importa se sua casa é grande ou pequena, se você tem ou não um curso superior, se você trabalha ou não em uma multinacional, se você é rico ou pobre…nada vale, nada adianta se não for verdadeiro, se o coração não estiver alegre e se a paz não reinar no seu interior. Viva o presente, aprecie o seu aroma e o seu sabor! Poesia escrita em 1999 – Mogi Mirim SP.

O que adianta pisar nas areias da praia,

Pelas águas navegar,

Se não sorrir e cantar?

O que adianta viver sem perceber,

Ver sem conhecer,

Nascer e morrer?

O que vale a vida sem amor,

Sofrendo sempre de dor,

E não aproveitar do Sol, o calor?

O que adianta viver em grande cidade,

Sentindo sempre saudade,

Do amor e não da amizade?

O que vale a vida se ficares pensando:

O que vale? O que adianta?

Perdeste teu tempo,

Escrevendo neste momento,

O que veio ao pensamento…

De tudo tires conclusão e veja que:

Tem que viver sem pensar no que vai acontecer,

Sem pensar o que adianta isto e aquilo.

Viva cada tempo, vivendo cada momento.

O que adianta um Universo,

Se com poucas palavras se faz um verso?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: