Não me toque, não me rele

"Baby, baby, Não adianta chamar, Quando alguém está perdido, Procurando se encontrar" Você é capaz de se lembrar da primeira vez que tomou banho sozinho, sem ajuda da sua mãe ou de um responsável? Era dia de semana. A mãe estava na despensa, passando a roupa, e a menina estava na sala, assistindo televisão. De... Continuar Lendo →

Brincando de casinha

"Sentado na calçada, De canudo e canequinha, Dublec dublim, Eu vi um garotinho, Dublec dublim, Fazendo uma bolinha, Dublec duplim, Bolinha de sabão" Você já brincou de casinha? Afinal...como é brincar de casinha? Brincar é algo muito sério e importante! Através das brincadeiras, as crianças sonham, criam, aprendem, crescem e se preparam para a rotina... Continuar Lendo →

O filho caçula

"Se essa rua, se essa rua fosse minha, Eu mandava, eu mandava ladrilhar, Com pedrinhas, com pedrinhas de brilhante, Para o meu, para o meu amor passar" A Bruna era a filha caçula. A mais nova. A raspa do tacho. Você sabe como é ser o filho caçula? As pessoas costumam dizer que o caçula... Continuar Lendo →

Chupetas e mamadeiras

"Vem meu ursinho querido, Meu companheirinho, Ursinho Pimpão. Vamos sonhar aventuras, Voar nas alturas, Da imaginação" Chupetas e mamadeiras, foram muitas! A Bruna tomava três mamadeiras por dia: de manhã, à tarde e outra antes de dormir. A mãe preparava com carinho...era tão gostoso segurar aquela mamadeira com o leite quentinho, deitar no sofá, às... Continuar Lendo →

De volta ao começo

"Eu era pequeno, nem me lembro, Só lembro que à noite, ao pé da cama, Juntava as mãozinhas e rezava apressado, Mas rezava como alguém que ama." Quinta-feira, 27 de fevereiro de 1986, 6h00. No hospital São Lucas da cidade de Mogi Mirim SP, nascia o quarto filho de um casal. Uma menina! Qual seria... Continuar Lendo →

Marianna

Somos pessoas melhores perto de quem a gente ama... Esse é o melhor de mim, para você, Marianna. Poesia escrita em 07/11/2017 - Jundiaí SP. Brilha o sol, Nasce a flor, Cresce a grama, Abre os olhos Marianna! Uma vida aqui fora te espera, Brincadeiras, amizades, E a família tagarela... Emoção no peito bate, Esperando o... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑