Solidão

Linda poesia! Tão forte, tão profunda… assim como é a solidão. Você já se sentiu sozinho, longe de quem você ama? A menina sofre, e em poucas palavras descreve os seus mais profundos sentimentos. Escrita em 22/09/2001 – Mogi Mirim SP. 

Ô solidão ingrata,

Solidão que me maltrata,

Que me machuca o peito.

Ô solidão que mata,

Meu coração se rasga,

Já não há outro jeito.

Uma lembrança tão leve se passa,

E essa dor tão chata,

No meu corpo o teu cheiro.

Uma noite tão fria me aguarda,

O túmulo me resgata,

E eu morro de desejo.

“Lágrimas que ninguém viu.

Palavras que ninguém ouviu.

Sonhos que nunca sonhei.

Amor que nunca terei”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: