“Aqui”

Olá, meu querido diário!

Hoje é um dia mega especial… Hoje, eu e meu marido completamos 8 anos de casados e eu não poderia deixar de contar um pouco da nossa história para você.

Nós nos casamos no dia 25 de setembro de 2010. Tudo foi planejado, inclusive e principalmente o encontro das nossas almas. Não, não foi por acaso. Em minhas orações sempre pedi a Deus um companheiro de acordo com a vontade Dele, alguém para compartilhar o amor, a vida e os sonhos. Do outro lado, ele também orava, eu sei. E assim nos encontramos, movidos por essa força eterna, por esse desejo profundo de nos sentirmos plenos.

Eu tinha um desejo: casar-me no início da primavera, em um campo aberto, no pôr do sol, e assim aconteceu! Nosso casamento foi um dos dias mais felizes da minha vida, um sonho realizado, a união de duas essências que iniciaram uma nova história.

Eu levei um pouco de mim: as experiências da infância, os aprendizados obtidos com meus irmãos, os hábitos da casa dos meus pais…ele levou um pouco da bagagem dele também e, aos poucos, fomos analisando as ferramentas: “isso é bom”, “isso não serve mais”. Dia após dia construímos a nossa rotina, o nosso estilo de vida, a nossa família com base no que gostamos e acreditamos. 

O casamento foi uma experiência incrível para mim e muito desafiadora. Unir duas pessoas diferentes do dia para a noite, é realmente uma grande loucura! Mas é a prova de que, quando duas partes estão envolvidas e comprometidas, tudo pode dar certo, e mais, com as bênçãos divinas creio que já não existem mais duas partes…somos um! Nos completamos e juntos somos melhores, somos mais fortes e muito mais felizes!

Deus nos uniu e é Deus que nos mantém unidos. É preciso muito amor no casamento para superar os desafios, é preciso muito perdão e arrependimento, muito respeito, muita paciência, otimismo, admiração…e um detalhe muito importante: sonhar juntos, olhar e caminhar juntos, na mesma direção.

Talvez você esteja perguntando sobre o título dessa reflexão: “Aqui”? Trata-se do nome da “nossa música”, cujo refrão foi escrito no convite do nosso casamento, diz assim:

“Quando o sol nascer, já sei onde eu quero estar, com você. Mesmo se chover, já sei onde eu quero estar, com você”.

E não há nada melhor na vida, do que chegar em casa e te ver. Não temos um cachorro no sofá da sala fazendo farra entre você e eu, mas está em nossos planos… E é maravilhoso lhe mostrar as reflexões e poesias feitas ao longo do meu dia de trabalho. Como é bom compartilhar a vida com você meu querido, faça chuva ou faça sol!

Pensando ainda no dia do nosso casamento, lembro-me da nossa família reunida, da nossa dança, dos infinitos “fuxicos” que fiz para enfeitar os convites e os bem-casados. Lembro-me das cores predominantes: marrom, branco, vermelho e laranja… Lembro-me do enfeite em cima do bolo: eu e você com uma mala, e nela escrito: “Destino: Itajubá”, para onde nós fomos, nossa primeira morada, um lugar abençoado onde vivemos momentos intensos de amor, alegrias e aprendizados. Dificuldades? Desafios? Muitos!

Antes de nos casarmos, ouvia as pessoas dizerem que casamento era bom só no primeiro ano, depois todo aquele encanto se acabaria. Não dei muita atenção a esses comentários e sempre acreditei que a felicidade dependeria sobretudo de duas pessoas: eu e meu marido. Cada pessoa vive as consequências de suas próprias escolhas. Temos que ser responsáveis, protagonistas da nossa vida. Fazer-se de vítima não leva a lugar nenhum.

Sobre filhos, muitos nos perguntam: “vocês ainda não têm filhos”? Não temos. Nós acreditamos que há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Não estamos atrasados, nem adiantados em relação a nada, nem a ninguém. Aceitamos e agradecemos por tudo o que somos e temos nesse momento, e isso nos faz sentir completos e em paz.

Você está pensando em se casar? O que te impede? Você se sente inseguro ou com medo?

Ore a Deus. Coloque o amor no centro de todas as coisas. A vida de casado tem muitos desafios, mas a de solteiro também tem. Eu, sinceramente, prefiro ter alguém para compartilhar os momentos, para dividir as dores e multiplicar as vitórias.

Gosto de dizer que perfeição é uma questão de aceitação. O outro, mesmo sendo diferente, pode ser perfeito, se o aceitarmos como ele é. Quando nos casamos, frequentávamos igrejas diferentes, e isso nunca foi motivo para discussão, muito pelo contrário, aproveitamos os pontos de vistas diversos para crescer na nossa espiritualidade, visto que entendemos que somos acima de tudo seres espirituais, filhos de um Deus de amor.

Toyo, eu enxergo o seu amor nesse respeito pela minha essência, enxergo o seu amor no seu abraço, no seu carinho, nas suas palavras, nas suas atitudes, na presença…sobretudo nos momentos difíceis da minha vida. Você, ao longo desses 8 anos de casados, esteve presente, e está presente sempre que eu preciso. A sua vida é extremamente valiosa para mim!

Gratidão eterna pela sua vida, pela nossa união, por todas as sementes que juntos plantamos e pelos frutos que colhemos e pelos muitos frutos que ainda colheremos!

Juntos sonhamos, juntos planejamos e realizamos. Você faz parte da minha história, você é a minha história.

Hoje, o meu diário conta mais do que a minha essência, conta a nossa essência!

Amo você!

 

“O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece, não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta” – Bíblia, Primeira Carta aos Coríntios, capítulo 13, versos 4 a 7.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: