O Reino Perfeito

Olá diário! Como vai?

O que você pensa sobre o Céu? Sobre a Vida Eterna? Sobre o Reino Divino?

Tenho pensado sobre esse assunto nos últimos dias, e claro, tenho visto e ouvido bastante também, uma vez que meus filtros estão super abertos!

De maneira geral, o Céu me parece algo um tanto distante, algo que pertence ao futuro e bem diferente da realidade que vivo hoje. Durante anos enxerguei dessa maneira, pois essa foi a imagem criada mediante as informações recebidas das pessoas e do ambiente onde nasci e cresci. Mas o tempo passa, a gente cresce, e a percepção da vida e do mundo muda, pelo menos para mim mudou… Mudou principalmente no sentido de analisar e refletir mais sobre essas questões, pois, em relação à minha essência, continuo sendo a mesma criança!

Olhando para a criança e considerando minhas experiências, hoje entendo que o Céu, o Reino de Deus, não é algo distante e difícil, como muitos ensinam. Este Reino Perfeito pode prosperar dentro de mim! Isso depende do meu desejo, do meu pedido e aceitação. Não somos nós que criamos este Reino, mas somos convidados a cuidar dele.

Dias atrás, ouvi alguém falando sobre as boas novas do Evangelho. Fiquei impressionada! Que palavras lindas e libertadoras! O pregador perguntou: quais são as boas novas do Evangelho? Alguns responderam com entusiasmo: a ressurreição do Salvador! A segunda vinda de Jesus! A libertação dos pecados! E claro, ninguém estava errado…todas essas afirmações proclamam as boas novas. Mas o pregador foi além, e falou com mais detalhes sobre as boas novas e o Reino de Deus.

De acordo com a Bíblia, Jesus saiu do seu Reino Celestial e veio para este mundo, como homem, para nos resgatar e libertar da morte eterna. Ele nasceu, morreu e ressuscitou por amor a cada um de nós, e, todo aquele que nele crê, desfrutará da eternidade. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que entregou o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”, Evangelho de João, capítulo 3, verso 6. Ou seja, o Céu não é consequência das nossas obras. É um presente de Deus.

Para desfrutar da eternidade é preciso crer. Para crer, precisamos de fé, e a fé vem de Deus. Os versos 8 e 9 do capítulo 2 da carta aos Efésios relatam: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie”.

Em resumo, tudo depende Dele. E, por ser um pai amoroso, Ele nos dá fé e tudo o que for necessário para ficarmos bem, para sermos felizes…mas é preciso pedir. “E eu vos digo a vós: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á”, Evangelho de Lucas, capítulo 11, verso 9. Na essência, viver o Reino de Deus é tão simples…temos que pedir e deixar Ele reinar.

Quando Ele reina no meu coração, eu vivo o Reino de Deus.

E estas são as boas novas do Evangelho: nós podemos começar a viver este reino a partir de agora, não precisamos aguardar ansiosos pela morte para ver o que que vai acontecer! Foi isso que Jesus nos ensinou quando veio a este mundo.

Como você imagina o Céu? Eu penso que lá ninguém vai passar fome. Então, toda vez que eu reparto o meu alimento com outras pessoas ou quando alguém divide a refeição comigo, nós somos saciados e nos sentimos felizes: nós vivemos o Reino de Deus.

Penso também que no Céu ninguém vai ser melhor do que o outro. Então, toda vez que nós respeitamos e valorizamos as diferenças e dons de cada um, vivemos o Reino de Deus. Em Apocalipse, capítulo 21, verso 4, está escrito que na Cidade Santa não haverá dor, nem lágrimas. Portanto, toda vez que levo alívio e conforto para as pessoas, estou levando o Reino de Deus. 

E mais, a bíblia diz que esse reino será eterno… Então, talvez, quando eu promovo a vida e o amor, estou vivendo e eternizando o Reino de Deus, que fica registrado em nossas mentes, gravado em nossos corações, no nosso DNA, latente em nossa essência! Afinal, o Rei é o nosso Criador!

Outro dia me peguei pensando em alguns objetivos pessoais para o futuro: uma casa bonita e aconchegante com um lindo jardim, filhos, um trabalho prazeroso e que gere algum dinheiro, e, com esse dinheiro, ajudar outras pessoas em suas necessidades e sonhos. Penso que são bons objetivos, mas, se no meu dia a dia eu não viver o Reino, ou seja, se o caminho não for Jesus, nada disso vai fazer sentido. “Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas”, Evangelho de Mateus, capítulo 6, verso 33.

Para finalizar, quero lhes contar sobre uma imagem que me veio à mente em uma das minhas meditações sobre o Reino: crianças, muitas crianças correndo e brincando! Muita alegria e, depois, o cansaço e aquele soninho gostoso, sem hora para terminar…até o dia nascer, o sol iluminar e aquecer, e a gente ser feliz outra vez…

“Deixai os pequeninos e não os impeçais de vir a mim, porque dos tais é o Reino dos céus”, Evangelho de Mateus, capítulo 19, verso 14.

Eu desejo observar mais a minha criança e ficar atenta ao comportamento dos pequenos à minha volta, porque a todo momento eles vivem e nos apresentam o Reino, algo tão simples, tão próximo, tão real…que pode começar hoje e durar por toda a eternidade!

Desejo levar essas boas novas sobre o Reino!

Que a vontade do Rei seja feita aqui na terra, como acontece nos Céus, e assim possamos desfrutar desse amor, muitas vezes sufocado pelo egoísmo e outros males deste mundo, mas que é poderoso, transformador e soberano! Assim seja!

Espero que você tenha gostado! Fique à vontade para compartilhar a sua imagem e entendimento sobre o Reino Perfeito. Até mais!

“Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino. Seja feita a tua vontade, tanto na terra como no céu. O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores. E não nos induzas à tentação, mas livra-nos do mal; porque teu é o Reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém!” – Bíblia, Evangelho de Mateus, capítulo 6, versos 9 ao 13.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: