Meu querido diário…

“Querido diário, irei contar um pouco de cada dia para você, não vou poder contar minha vida toda, mas irei contar até você terminar”. Com essas palavras eu iniciei o “Meu Primeiro Diário”, no dia 19 de junho de 1995. Eu era uma criança, com 9 anos. Morava em um sítio com minha família e estudava em uma escola rural, de onde guardo muitas lembranças. Nesta fase conheci as palavras e o universo que existe em cada uma delas. Aprendi que era importante sonhar e lutar pelos nossos sonhos. E aqui estou, utilizando das palavras para realizar um grande sonho da minha vida.

O meu primeiro diário tinha apenas 15 folhas, com 10 cm de altura…fica fácil entender que logo ele terminou, né!? Mas o tempo é relativo, e naquela época ele durou um tempão! E depois dele veio o segundo diário, o terceiro…mais tarde vieram as agendas, os alfabetos em códigos para que ninguém pudesse ler os meus desabafos, as músicas, as cartas, as poesias…Eu amo minhas poesias da adolescência, elas significam muito para mim!

Hoje é um dia muito especial…o dia em que realizo a primeira postagem desse novo diário: o Diário da Minha Essência. Não pretendo contar minhas atividades diárias como fazia quando era criança. Mas desejo apresentar a criança que existe aqui dentro de mim, com seus sonhos, seus medos, sua visão sobre a vida. Será que um dia esse diário vai terminar? Não sei. Desejo respeitar minha essência e realizar as postagens sempre que ela desejar.

Aproveito para lhe desejar um Feliz 2018, cheio de realizações, de momentos gostosos, de pessoas legais, de trabalhos prazerosos, com muita prosperidade financeira, com saúde física, emocional e espiritual…mas acima de tudo, um novo ano cheio de amor: amor pela vida, amor por nós mesmos, amor pelos outros, amor a Deus.

O amor nasce a partir dos relacionamentos…e algo me diz que hoje está nascendo um grande amor entre nós! Gratidão!

“Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas” – Bíblia, Evangelho de Mateus, capítulo 6, verso 33.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: